Contratar pesquisas ou utilizar dados secundários?

Pesquisas de mercado são excelentes ferramentas para investigar se os produtos ou serviços de uma determinada empresa estão atendendo satisfatoriamente as necessidades do público. Além disso, geram também importantes insights relacionados ao futuro e tendências do mercado e aos padrões de comportamento do consumidor

Ainda que nem todas as marcas tenham consciência da importância de realizar pesquisa de mercado, aquelas que já adotaram a prática convivem com a seguinte dúvida: contratar uma pesquisa sob medida (também conhecida como Ad Hoc) ou utilizar dados secundários sobre determinado segmento ou tema já divulgados (desk research)?

Na prática, a pesquisa Ad Hoc (contratada) e a desk research (construída a partir de dados secundários) podem ser complementares, auxiliando a sua empresa a ter um planejamento e a desenvolver estratégias e ações mais eficazes. Porém, para que você seja capaz de identificar os benefícios de cada uma é preciso compreender como são aplicadas e em quais situações cada uma delas se encaixa melhor no seu negócio. 

Quer saber mais sobre pesquisas Ad Hoc e desk research? Então, confira este post e descubra como aplicá-las e explorá-las corretamente para obter melhores resultados para o seu negócio.

Pesquisa Ad Hoc (dados primários)

O que é?

Também conhecida como pesquisa de dados primários, a pesquisa Ad Hoc é aquela feita sob demanda e coleta dados que ainda não existem de forma organizada. Seu objetivo é comprovar hipóteses estabelecidas previamente pela empresa.

Como é feita?

Esse tipo de pesquisa geralmente é realizada por empresas especializadas. Por isso, é comum que se refiram a ela como pesquisa contratada. São duas vertentes possíveis:

1. Pesquisa quantitativa

O método quantitativo é conclusivo, e tem como objetivo quantificar um problema e entender a dimensão dele. Em suma, esse tipo de pesquisa fornece informações numéricas sobre o comportamento do consumidor. Para tanto, pressupõe a elaboração e aplicação de questionários estruturados com a maioria das perguntas fechadas, em que os respondentes selecionam entre uma lista de possíveis opções;

Pesquisa qualitativa

É mais difícil de definir, mas de maneira simples, o foco da pesquisa qualitativa é entender o comportamento do consumidor, ao invés de simplesmente medir. Por isso, esse método de pesquisa não apresenta resultados em números exatos, e a coleta de dados pode ser feita de maneiras variadas, como por exemplo por meio de grupos de discussão (focus groups), entrevistas individuais em profundidade e observação de comportamentos.

Para isso, a companhia determina um universo de pessoas que serão entrevistadas e estão aptas para o estudo em questão. Geralmente é levado em consideração o público-alvo da empresa em uma determinada região. Os dados coletados podem ser:

  • Características demográficas, como sexo, renda e nível educacional;
  • Atitudes e opiniões em relação à empresa, produto ou concorrência;
  • Conscientização, conhecimento e percepção da marca ou do produto;
  • Motivações que conduzem o comportamento do consumidor;
  • Hábitos passados e atuais do público;
  • Intenções e expectativas deles sobre o futuro.

Quando utilizar?

Se a sua empresa precisa de dados extremamente confiáveis, bem atualizados e que ainda não estão disponíveis por aí, a pesquisa Ad Hoc é a mais indicada. E ainda que, no passado, o tempo de execução era uma das desvantagens na hora de se optar pela contratação de pesquisas sob medida, a tecnologia solucionou o problema. As plataformas e painéis de respondentes da pesquisa digital se tornaram alternativas viáveis por serem capazes de entregar resultados em uma semana. 

Pesquisa desk research (dados secundários)

O que é?

Mais conhecida como pesquisa em fontes de dados secundários, a pesquisa desk research é aquela que utiliza informações já coletadas, tabuladas e, muitas vezes, até analisadas por outras empresas, com o propósito de auxiliar a sua companhia a fundamentar a tomada de determinadas decisões.

Como é feita?

Esse método de pesquisa utiliza dados que já existem e estão disponíveis tanto no ambiente interno da empresa, como em arquivos e pastas de computadores, quanto no ambiente externo, como em publicações e pesquisas já realizadas por outros institutos, como o IBGE e o Ipeadata, por exemplo. Por esse motivo, não a necessidade de contratar uma empresa especializada para desenvolvê-la e coletar as informações.

As pesquisas de dados secundários podem ser aplicadas para diversas finalidades, tais como:

  • Servir de inspiração para desenvolver conceitos de novos produtos;
  • Levantar perfis demográficos de uma determinada população;
  • Encontrar algumas tendências e formular hipóteses de trabalho (fazendo com que a pesquisa se desenvolva para uma Ad Hoc), entre outras. 

Entretanto, quando a sua empresa opta pela pesquisa desk research, alguns fatores importantes acerca dos dados devem ser levados em consideração, sendo eles:

  • A confiabilidade das fontes;
  • A disponibilidade e a data das informações;
  • A relevância dos dados;
  • A qualidade das informações;
  • Os custos para adquiri-las.

Quando utilizar?

Se a sua empresa está começando um estudo e precisa de informações de forma rápida e econômica, a pesquisa de dados secundários pode ser uma excelente alternativa. Porém, é preciso atentar-se aos pontos mencionados acima, principalmente em relação à confiabilidade e à data das informações, evitando possíveis erros durante o planejamento e a definição das estratégias.

Como combinar os dois tipos de pesquisa?

Apesar de suas diferenças e particularidades, as pesquisas de dados primários e as pesquisas de dados secundários podem trabalhar de forma conjunta para a sua empresa, com o objetivo de trazerem informações que serão complementares. Nesse sentido, as pesquisas desk research geralmente são feitas primeiro, pois elas fornecem informações mais gerais acerca do mercado, do segmento e de determinado público-alvo. Em seguida, vem as pesquisas Ad Hoc por serem mais específicas e direcionadas à resposta de problemas bastante específicos. 

Ao aliar pesquisas prontas e contratadas, sua empresa obterá informações mais consistentes para direcionar a tomada de decisão. Essa é a prática mais indicada.

Quer aprender mais sobre pesquisa? Baixe nosso e-book e conheça o passo a passo para criar seu projeto, desde a definição do problema e escolha da melhor metodologia até a análise dos resultados. 

Posts relacionados