Como mensurar a competitividade do seu produto?

O que é competitividade e como um termo, frequentemente utilizado no mercado financeiro e de economia, está mostrando sua cara e importância na área de marketing e comunicação?  A competitividade do produto será o tema deste artigo.

No setor financeiro, a competitividade empresarial é busca por uma rentabilidade igual ou superior aos principais concorrentes que competem pelo seu mercado de atuação. Já ao pensarmos na área de marketing, a competitividade de um produto é sua habilidade de satisfazer as necessidades de seus clientes, com maior aptidão que seus competidores, não somente no curto prazo, mas buscando um modelo de negócio sustentável.

O que poucas pessoas sabem, no entanto, é que a competitividade pode ser mensurada para identificar pontos fortes e pontos fracos:

  1. Para seus consumidores, o produto de sua marca oferece uma melhor qualidade, custo-benefício, imagem ou desejo que os produtos concorrentes? 
  1. O serviço prestado por sua empresa é rápido – considerando velocidade de atendimento, velocidade na entrega ou delivery e velocidade de produção?
  1. Você considera o relacionamento de sua marca e produto com seus consumidores bom?

1. Essa competição não é exclusivamente por preço! 

É importante lembrarmos que preço não é o único fator de competitividade, e precificar o seu produto pode ser uma tarefa difícil. Sugerimos olhar e medir o Customer Value de seu produto, uma métrica utilizada por diferentes empresas e que é resultado do comportamento dos mais diversos consumidores. Quer saber mais sobre diferentes tipos de perfis comportamentais, nós desvendamos a relação das mulheres com o universo de beleza.

O consumidor está constantemente em situações que exigem que uma decisão de compra, “Devo comprar uma calça jeans naquela loja de marca ou compro uma calça jeans parecida na loja de multimarcas? ”. Ou mesmo “Quero um café da cafeteria gourmet ou um café da padaria do bairro?”. Nestes dois cenários propostos, o consumidor possui escolhas antes de realizar uma compra. Nesses casos, leva em consideração os benefícios de realizar aquela compra contra o seu custo financeiro. 

Não levando em consideração somente o preço, mas quais são os benefícios de comprar um café gourmet, por exemplo, a imagem da marca e copo que o café será servido, sua embalagem, a possibilidade de compartilhar uma foto nas redes sociais e mostrar que você estava em uma lugar descolado são pontos colocados em comparação com produtos similares. O peso desses fatores frente ao seu custo final e sua comparação com outras opções é o Customer Value.

Lembrando que cada consumidor seleciona diferentes fatores a serem ponderados na hora da decisão de compra. Isso varia por situação financeira atual, perfil demográfico, educação, experiência anterior, indicação de amigos e familiares, e diversos outros fatores. Mas, como saber se estou criando valor de marca/produto de uma forma melhor que meus concorrentes? 

A MindMiners oferece a possibilidade de realizar essa análise por meio de questionários certificados: testes de conceitos de produtos e testes de embalagens. Além de pesquisas sobre hábitos de compras, contemplando mais de 10 perguntas customizáveis para sua categoria de atuação. Quer saber mais? Acesso nossa plataforma de pesquisa automatizada, Miners Compass, e comece a trabalhar!

2. A velocidade como competitividade positiva  

Com o crescimento e velocidade permitida pela internet, os consumidores possuem a facilidade de encontrar informações sobre produtos, avaliações ou reviews de outros usuários com relação a determinado serviço, diferentes preços e ofertas. Isso acelerou as relações de compras: o consumidor deseja produtos e serviços nunca antes imaginados e cada vez mais rápido.

O que dissemos até aqui não é novidade para ninguém! Mas, com essa relação de desejo, os consumidores tendem a buscar produtos que não demorem muito tempo para satisfazerem suas vontades. Com isso, vem a velocidade como competitividade do produto. Vamos ver exemplos de e-commerce, serviços B2B e produtos B2C?

– Amazon Prime EUA: um dos cases de maior sucesso é da empresa americana de e-commerce, Amazon, e o seu Prime Delivery. Ao realizar uma assinatura do serviço é possível comprar diversos produtos no site da empresa e recebe-los em casa em até 2 dias ou mesmo em somente 2 horas. Você consegue imaginar comprar um produto pela internet e recebe-lo em 2 horas na sua casa? 

Isso foi importante para a Amazon, uma vez que, nos Estados Unidos, a média de entrega de produtos comprados pela internet é de 3 a 7 dias. Quando um consumidor experimenta uma entrega de 2 horas é difícil não considerar isso nos benefícios do Customer Value. Mesmo se o preço do produto + preço da assinatura do serviço seja superior a compra em sites concorrentes.

– MindMiners: a realização de pesquisas com consumidores e amostras controladas e mapeadas sempre apresentou um viés de demora. Existem diversos pontos como criação e elaboração de um questionário, análise estatística amostral, campo para coleta de respostas, tabulação dos resultados e análise.

A MindMiners, olhando para o tempo desprendido para uma tarefa tão importante na área de comunicação, criou uma base de respondentes própria, o MeSeems, e sua plataforma Miners Compass. Por meio desta última, é possível realizar uma pesquisa de mídia, mercado ou marketing de maneira rápida, financeiramente acessível e totalmente automatizada. Trata-se da conclusão de um projeto completo de pesquisa automatizada com a MindMiners em até 5 dias. Aqui, compõe a equação do Customer Value não apenas o preço acessível , mas também a velocidade e praticidade.

– Easy Taxi e 99Taxi: ao pensarem no problema de locomoção em grandes cidades, estas duas empresas (Easy Taxi – 2011 e 99Taxi – 2012) criaram aplicativos que conectavam, de maneira prática e rápida, motoristas de táxi e passageiros. Mensurar a competitividade do produto prestados por essas empresas não é pensar em velocidade do automóvel. Mas, sim, nos demais fatores, como praticidade: o seria mais necessário andar na rua buscando um táxi ou agendar uma corrida. 

3. Marketing de relacionamento

Trabalhar o relacionamento de seu produto é um desafio. Principalmente se considerarmos que os hábitos comportamentais e gostos dos consumidores estão mudando a toda hora. Ter uma imagem e se destacar na multidão de produtos é o que todas as empresas buscam e utilizam como um diferencial competitivo.

Uma das possibilidades de mensurar seu grau de relacionamento com os clientes e lembrança de marca é trabalhar com um dos nossos questionários prontos e essenciais sobre: Avaliação de Lembrança de Marca, Avaliação de Saúde de Marca e Pesquisa de Satisfação e Posicionamento. Isso porque, ao buscar construir relações sólidas com consumidores, o marketing de relacionamento cria também uma audiência fiel e ativa. Seu são clientes que acreditam em seu produto e benefícios, recomendam para amigos e defendem a marca. 

Possuir uma audiência fiel é um grande diferencial ao pensarmos na competitividade do produto em relação aos concorrentes. Pense quantas vezes você comprou um produto ou serviço por conta de indicações de amigos, familiares ou colegas de trabalho. Portanto, lembre-se: o diferencial de seu produto pode ser o preço, mas encontrar um diferencial real ou o problema / dor que você efetivamente soluciona para seus consumidores é tão importante quanto. Nossos clientes são sempre as janelas de nossas marcas.

E aí? Gostou desse conteúdo? Conheça mais sobre nossos questionários certificados e entenda como eles podem te ajudar a mensurar a competitividade de seus produtos ou serviços.

Posts relacionados

O que é churn

06/11/2017

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notificações
avatar
wpDiscuz