9 fatores que influenciam o comportamento do consumidor

Com um mercado cada vez mais competitivo, encontrar um meio de ganhar mais visibilidade e atrair consumidores deixou de ser apenas um diferencial, se tornando item de primeira necessidade para que as empresas continuem firmes e fortes.

Para conseguir isso, é necessário saber o que influencia o comportamento do consumidor e, a partir dessas informações valiosas, analisar o que leva o cliente a recusar um produto ou aceitá-lo.

Por que uma empresa deve conhecer o comportamento do consumidor?

Conhecendo o comportamento dos seus clientes, sua empresa conseguirá antecipar as principais tendências, atrair e reter os consumidores, elaborar melhores campanhas publicitárias e agir com mais embasamento para gerenciar as ações de marketing e tomar decisões.

Portanto, não trabalhe apenas com sua intuição: negócios que são administrados com base em pesquisas bem-feitas garantem maiores chances de se desenvolver e prosperar.

Para entender melhor sobre o comportamento do consumidor, precisamos pensar em sua jornada, em primeiro lugar. Em seguida, é muito importante dar enfoque sobre os elementos que o influenciam.

Quais fatores podem interferir no comportamento do consumidor?

1. Papel social

O papel social se refere aos grupos aos quais a pessoa pertence, sendo importante conhecer os círculos sociais que frequenta, a profissão que exerce, a família da qual faz parte e seus relacionamentos de amizade. Esse aspecto considera o “mundo” que o indivíduo pertence e com o qual ele interage.

2. Papel pessoal

Não necessariamente pessoas que sejam de determinado grupo social e cultural terão os mesmos comportamentos de consumo, pois isso varia de indivíduo para indivíduo, dependendo, sobretudo, do seu papel pessoal.

Fatores como idade, cultura e necessidades, quando combinados simultaneamente, formam uma característica mais específica e singular, sendo um dos fatores mais complexos de se estudar, justamente pela pluralidade de aspectos que apresenta.

3. Cultura

O entendimento de várias culturas contribui para o sucesso no alcance da audiência de determinados públicos. Dependendo do gosto musical, da religião, identidade nacional, dentre outros aspectos que dizem respeito à formação cultural de um indivíduo, é possível saber se um produto ou serviço terá chances de aceitação pelo grupo.

4. Medos e necessidades

Fatores ligados às questões psicológicas e emocionais podem impactar diretamente nos hábitos de compra dos consumidores, seja por um trauma, necessidade ou até mesmo por algum tipo de preconceito.

A exemplo disso, podemos citar as pessoas que compram compulsivamente por se sentirem frustradas com alguma coisa nas suas vidas. Outro exemplo claro é o receio que algumas pessoas têm de envelhecer, comprando quantidades exorbitantes de cosméticos para rejuvenescimento.

5. Estágio de vida

Todos nós passamos por várias fases durante a vida (infância, adolescência, juventude e velhice). E a cada estágio, vivenciamos diversos tipos de experiências que acabam impactando diretamente em nosso estilo de vida. Dependendo da etapa em que estamos, nossas prioridades e hábitos de consumo podem mudar bastante, oscilando conforme cada ciclo de experiências que estamos vivenciando.

6. Novas tendências

As novas tendências podem nos persuadir na escolha de nossas principais aquisições. Um exemplo disso é a compra de roupas da moda. A cada ano, podemos observar um entra e sai de coleções de todas as estações, apresentando mudanças nos cortes de tecidos e cores que variam bastante em pouco espaço de tempo. Portanto, acompanhar as novas tendências é importante para que a concorrência não deixe sua marca para trás.

7. Classe social

A classe social diz muito a respeito do poder aquisitivo das pessoas, deixando mais ou menos claro o quanto aquele público pode gastar na compra de produtos e serviços.

Esse conhecimento pode contribuir para oferecer produtos com adaptações que tornem os itens de venda mais acessíveis para aquele grupo.

8. Mercado e economia

O cenário econômico e o mercado podem representar danos não somente para quem vende, mas também para os consumidores, que deixam de adquirir seus produtos favoritos por conta de crises e altas inflações. Devemos ter em mente que fases ruins podem ir e vir a qualquer momento. O importante é deixar claro para o seu cliente que sua marca se preocupa com o seu bem-estar e quer continuar a servi-lo.

Uma das maneiras de se adaptar a essa fase é oferecendo melhores condições de pagamento aos clientes ou ofertando produtos e serviços similares aos que eles costumavam utilizar.

9. Opinião de outros consumidores

Hoje em dia, ficou muito mais fácil saber se um produto cumpre mesmo o que promete, não é mesmo? Para consultar as informações sobre qualidade e entrega de produtos e serviços, os clientes em potencial realizam diversas pesquisas nas plataformas de avaliação e nas principais redes sociais das empresas, influenciando, assim, o comportamento dos consumidores que desejam realizar uma compra.

Como as novas tecnologias influenciam o comportamento do consumidor?

Empresas precisam se adaptar às novas plataformas e redes sociais para aproveitar ao máximo a oportunidade que elas apresentam. Com o desenvolvimento de novas tecnologias, a quantidade de fatores que influenciam o processo de compra cresceu. O e-commerce ganhou maior alcance (inclusive por meio do mobile), os canais e plataformas de marketing se diversificaram e com o aumento do uso das redes sociais o consumidor ganhou voz dando outra proporção ao marketing boca-a-boca.

Hoje, o consumidor tem mais fontes de informação sobre o produto/serviço que consome, o que consequentemente faz com que ele seja mais exigente com a qualidade e valor do que ele compra, e com a agilidade, comodidade e praticidade do processo de compra. Por isso, é importante que as empresas estejam sempre um passo à frente do consumidor, entender o comportamento dele para suprir as suas necessidades e vontades.

Agora que você já sabe qual a importância de conhecer um pouco mais sobre os fatores que influenciam o comportamento do consumidor, não se esqueça de focar nas necessidades do seu público-alvo, apresentando soluções mais direcionadas para atender seus desejos e expectativas.

Posts relacionados