As 8 etapas do modelo de briefing para campanhas de comunicação de sucesso

Antes de dar início à execução de uma campanha de comunicação, é extremamente importante elaborar um briefing. Trata-se de um documento que contém informações sobre como os trabalhos deverão ser conduzidos, do começo ao fim. O briefing é composto por uma série de dados sobre produto, empresa, mercado, concorrência, público-alvo, objetivos, orçamento e prazos.

Tudo isso servirá como direcionamento para as equipes envolvidas na realização do projeto.A elaboração do briefing evita o desperdício de tempo e de recursos, o que otimiza todo o processo de execução. Por isso, ele precisa ser redigido de forma clara e objetiva. A intenção é fazer com que o briefing sirva como um material de consulta.

Se você ainda tem certa dificuldade na hora de produzir esse documento, confira agora as etapas de um modelo de briefing e saiba como criar um para a próxima campanha de sua empresa.

Modelo de Briefing pronto para campanha de comunicação

Nossa ideia ao elaborar este exemplo de briefing de comunicação foi torná-lo o mais didático e ágil possível. Para isso, além de uma breve descrição de cada etapa, apresentamos algumas perguntas que, se respondidas, se transformarão em um modelo de briefing pronto para usar.

1 – Produto/serviço

Para desenvolver a campanha, as equipes de planejamento e de criação da agência precisam conhecer cada detalhe do produto. Responda às seguintes perguntas para eles:

  • Qual o nome do produto?
  • Qual é o seu histórico?
  • Quais suas características físicas?
  • Como ele é produzido? (matéria-prima e processos)
  • Como ele é distribuído?
  • Qual a capacidade de produção?
  • Quais as formas de consumo?
  • Quais os diferenciais?
  • Quais são os pontos positivos e negativos?
  • O produto exerce impactos ambientais? E culturais?
  • Como o produto é visto no mercado?
  • Qual sua disponibilidade?
  • Qual o preço médio do produto no mercado?
  • Qual a relação custo-benefício?
  • Como o produto é comercializado? (atacado, varejo, revenda, “on demand” etc.)

2 – Público-alvo

Da mesma forma, para planejar as ações, ter insights, desenvolver o planejamento e criar as peças, a equipe da agência precisa conhecer o público-alvo deste produto/serviço:

  • Faixa etária
  • Gênero
  • Classe social
  • Nível de escolaridade
  • Localização geográfica
  • Profissão
  • Hábitos de consumo (frequência, periodicidade, quantidade, preferências etc.)
  • Motivações para consumo (racional ou emocional)
  • Papel exercido no processo de compra (usuário, influenciador, comprador, decisor)

Por meio de uma pesquisa de mercado em nossa plataforma de pesquisa automatizada você poderá conseguir todas essas informações com muita agilidade.

Veja mais: Como criar uma persona a partir da pesquisa de público-alvo

3 – Mercado

Como será possível desenvolver uma campanha a partir de um briefing sem que se conheça o mercado? Deixe isso claro respondendo a essas perguntas:

  • Qual o tamanho do mercado?
  • Como ele se organiza?
  • Qual é o Market Share da empresa?
  • Existe sazonalidade no mercado em que a empresa está inserida?
  • O mercado apresentou evolução nos últimos anos?
  • O mercado está sob quais influências? (política, econômica, regional, sazonal, demográfica etc.)

4 – Concorrência

É fundamental que qualquer modelo de briefing apresente os diferenciais da concorrência, seu posicionamento, conceitos criativos que usa e outras informações como estas:

  • Quais empresas lideram o mercado?
  • Quem são os concorrentes diretos e indiretos?
  • Qual a política de preço praticada pela concorrência?
  • Quais as vantagens e desvantagens dos produtos concorrentes?
  • Quais os diferenciais da empresa em relação aos seus concorrentes?
  • Quais as principais estratégias de marketing e comunicação da concorrência?
  • Qual é o Market Share das empresas concorrentes?
  • Como os concorrentes se posicionam no mercado?

Essa etapa do nosso modelo de briefing é também uma forma de conhecer melhor os motivos que podem levar o seu target a escolher o produto concorrente. Acrescente também peças veiculadas pela concorrência para que a área de planejamento e os criativos da agência possam ter referência de sua identidade visual e conceitos de comunicação.

Baixe nosso e-book gratuito e entenda a importância de conhecer seus concorrentes e como fazer isso: Como conhecer e analisar os concorrentes da sua empresa

5 – Objetivos

Tudo que foi dito até agora se refere ao “como fazer”. Ao apresentar os objetivos, o briefing deve deixar claro “por que fazer”. Por exemplo:

  • Aumentar o Market Share
  • Tornar-se “Top of Mind”
  • Reforçar a imagem da marca
  • Firmar um posicionamento
  • Lançar um novo produto
  • Incitar atitudes
  • Aumentar as vendas do produto

Vale lembrar que a aplicação dos objetivos presentes nesse exemplo de briefing de comunicação dependem da área de atuação do negócio.

6 – Estratégias de comunicação e veiculação

Neste ponto é preciso deixar claro aos planejadores e criativos da agência quais estratégias serão usadas ao veicular a campanha, para que eles possam se basear nessas premissas e restrições para desenvolver uma campanha alinhada com as diretrizes de sua empresa.

  • Qual mensagem deve ser comunicada?
  • O que não deve ser dito?
  • Quais ferramentas de comunicação serão utilizadas?
  • Qual será a abordagem criativa?
  • Onde a mensagem deverá ser veiculada? (TV, rádio, jornal, revista, internet, OOH etc.)
  • Quais os períodos e as praças de veiculação?

Para te ajudar a definir melhor as estratégias adequadas de veiculação da mensagem, você pode utilizar a plataforma de pesquisa automatizada da MindMiners. Por meio de questionários certificados por especialistas, qual é o canal mais adequado para veicular cada peça ou anúncio?

Veja mais: Questionários MindMiners: Planejamento de Comunicação e Mídia

7 – Orçamento

O orçamento e a quantidade de verba disponível para a realização do projeto são fatores determinantes nesse modelo de briefing, pois todo o trabalho deverá ser desenvolvido e ajustado de acordo com o valor que se pretende investir. Aqui, os questionamentos são simples:

  • Qual o valor da verba disponível e quanto cada uma das ações de comunicação custará ao caixa da empresa?

Essa etapa evita que criativos e planejadores extrapolem e desenvolvam ações que sua empresa não poderá arcar financeiramente.

8 – Cronograma

  • Qual é o prazo para finalização do projeto?
  • Quais etapas apresentam caráter de urgência?

A ideia é estipular prazos de entrega de cada etapa e acompanhar o desenvolvimento e criação da campanha.

O que achou do nosso modelo de briefing? Com apenas alguns ajustes, é possível adequar esse exemplo de briefing pronto à realidade da sua empresa e conquistar excelentes resultados!