Como usar o Design Thinking na estratégia de lançamento de produtos e reduzir riscos

Para quem deseja desenvolver produtos inovadores e fazer lançamentos de sucesso, uma das metodologias mais empregadas é o Design Thinking, exatamente por focar nas reais necessidades das pessoas, observando o comportamento humano, fazendo questionamentos aos consumidores e testando protótipos de produtos e seus conceitos.

Nesta postagem, você vai ver como usar o Design Thinking em sua estratégia de lançamento de produtos e como uma plataforma de pesquisa automatizada pode tornar esse processo muito mais ágil e assertivo.

Como o Design Thinking revolucionou as estratégias de lançamento de produtos

Antes do Design Thinking ser desenvolvido, duas metodologias principais eram usadas pelas organizações ao implementarem uma estratégia de lançamento de produtos:

  • Usar dados do passado para tentar prever o comportamento futuro dos consumidores e do mercado
  • Simplesmente não usar qualquer espécie de dado ou pesquisa, acreditando em seu “feeling” e criatividade

Os resultados dessas práticas são duvidosos, arriscados e raramente podem levar ao sucesso. O Design Thinking surgiu exatamente para evitar substituir essas abordagens, é uma estratégia de desenvolvimento de produtos criada para evitar esses erros. Sua metodologia se baseia em conceitos inspirados no design, para desenvolver produtos focados no verdadeiro comportamento das pessoas, e se divide em 3 etapas principais, que vamos analisar a seguir.

1- Invente o futuro

Apesar de parecer que essa estratégia de lançamento de produtos está se contradizendo, inventar o futuro, no Design Thinking, não significa perguntar às pessoas sobre certos produtos que você “inventou” e imaginar que elas vão gostar, para depois descobrir se funcionam. O caminho é inverso. Inicialmente, você deve observar as pessoas e mergulhar profundamente em suas vidas, para ter condições de formular perguntas sobre seu comportamento. O objetivo dessas perguntas é descobrir necessidades que elas têm, produtos e soluções que desejam, mas que não existem ainda. Muitas vezes, as pessoas nem se deram conta de que as soluções que estão empregando poderiam ser novos produtos.

Um exemplo disso foi o lançamento de novos cremes de tratamento para a pele pela Procter & Gamble, com o objetivo de revitalizar a marca Olay. Os profissionais de marketing da empresa observaram o comportamento dos shoppers nos pontos de venda e notaram que apesar dos cremes já existentes no mercado terem sido desenvolvidos para mulheres acima dos 50 anos de idade, eram comprados por consumidoras de todas as idades, a partir dos 20 anos.Havia uma necessidade no mercado que foi detectada pelo comportamento dessas consumidoras: cremes específicos para o tratamento da pele de mulheres de 20, 30 ou 40 anos.

Toda uma nova linha de produtos, para diversas idades, foi desenvolvida em função dessa percepção do comportamento das consumidoras, por meio de uma estratégia de lançamento de produtos baseada no design thinking.
Nem sempre é tão fácil descobrir porque as pessoas estão agindo de determinada maneira e, no caso de nosso exemplo, uma pesquisa poderia ter sido feita para descobrir o motivo das mulheres mais jovens estarem comprando cremes desenvolvidos para mulheres mais velhas. Essa é uma excelente maneira de se certificar de que o futuro que você está “inventando” realmente corresponde a uma necessidade não atendida dos consumidores.

2- Teste

Agora que você tem a ideia de um novo produto, teste seu conceito, faça pesquisas com o público-alvo e certifique-se de que ele realmente corresponde a um desejo dos consumidores. Nesta fase, é fundamental desenvolver protótipos dos produtos e testar seu uso pelos clientes, novamente observando seu comportamento e a maneira com lidam com ele. É a hora de fazer ajustes no posicionamento, conceitos, identidade visual, embalagem e preço, antes de partir para o próximo passo.

3- Planeje o lançamento do produto

Com todas as suas características, benefícios e atributos definidos, é hora de descobrir o que sua empresa precisa para tornar sua estratégia de lançamento de produtos uma realidade. Quais são as atividades, capacidades e recursos necessários para que tudo funcione como esperado na hora de produzir, distribuir e vender o novo produto?

Ao determinar isso e colocar sua estratégia em prática, as chances de encontrar consumidores ansiosos por resolver uma necessidade que sempre tiveram com a ajuda do produto que você está lançando são muito maiores. É dessa maneira que o Design Thinking pode ajudar sua empresa a definir estratégias vitoriosas de desenvolvimento de novos produtos, diminuindo o risco de lançar algo que ninguém quer.

E se você acha que a condução das pesquisas e testes de conceito de produto necessárias para pôr o Design Thinking em prática podem atrasar ou encarecer todo esse processo, saiba que hoje a pesquisa digital é uma solução acessível. Na plataforma de pesquisa automatizada da MindMiners, você encontrará diversos questionários de pesquisa certificados por especialistas, prontos para usar e implementar sua estratégia de inovação de produtos com Design Thinking com muito mais rapidez e assertividade.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notificações
avatar
wpDiscuz