Gestão estratégica: o que é e como colocar em prática no seu negócio

A gestão estratégica permite às empresas se planejarem para melhor definição de prioridades, aproveitamento de recursos, esforços e tempo.


clock
5 min
Gestão estratégica: o que é e como colocar em prática no seu negócio

A palavra estratégia, do grego antigo stratēgia, tem como significado em sua origem “a arte de comandar as operações e movimentos de um exército, até chegar, em condições vantajosas, à presença do inimigo”.

Em um contexto não militar, estratégia é “a arte de aplicar com eficácia os recursos de que se dispõe ou de explorar as condições favoráveis de que porventura se desfrute, visando ao alcance de determinados objetivos”.

Sendo assim, a gestão estratégica é o processo de conduzir as organizações em um contexto competitivo, tendo como base uma estratégia.

O que é Gestão Estratégica

A gestão estratégica é interpretar de forma dinâmica o mercado, avaliando fatores internos e externos, monitorando-os e programando-se para as necessidades futuras. Seu objetivo é buscar constantemente um melhor posicionamento da empresa no mercado.

Além disso, ela garante que seu negócio seja pensado e executado como planejado. Além de aumentar a chance de sucesso, a gestão estratégica garante também que ações não estejam ocorrendo em vão, evitando desperdício de recursos e de tempo.

Um homem e uma mulher sentados em uma mesa de escritório comemoram sucesso, saudando-se com as mãos
A gestão estratégica permite melhor direcionamento dos esforços e recursos para ações de sucesso

Esse modelo é oposto às práticas que apenas respondem a demandas, valorizando o planejamento, a execução e o acompanhamento.

O que é planejamento estratégico

O primeiro passo para se ter uma gestão estratégica é o planejamento estratégico. Ele é o documento que formaliza como será feito o processo de gerenciamento organizacional.

Para um planejamento estratégico eficiente é preciso analisar a situação atual da empresa por diferentes pontos de vista, avaliar as forças e fraquezas para a identificação de oportunidades e falhas, além de definir prioridades e direcionamento de esforços e recursos.

Pessoas reunidas em uma mesa estão diante de dois notebooks enquanto aparentemente conversam e escrevem sobre um documento

Sendo assim, o planejamento estratégico é a definição dos caminhos que a organização irá seguir. É por este documento que a gestão irá se basear para tomada de decisões, sejam elas de curto, médio ou longo prazo e também para o acompanhamento de todas elas.

Dica: Confira este e-book com o passo a passo para realizar um planejamento estratégico.

Como fazer um planejamento estratégico para gestão?

Cada negócio tem suas particularidades. Mas de maneira geral, as seguintes etapas ajudam a estabelecer inicialmente um passo a passo rumo a implantação da gestão estratégica. São elas:

  1. Diagnóstico estratégico: é a análise de metas, fatores internos e externos do negócio, jornada de compra do consumidor, assim como a pesquisa de mercado e de concorrentes;
  2. Ter clara a missão da empresa: tenha clara a razão de existir da sua empresa, ela é sua missão e o que determinará qual caminho seguir;
  3. Escolha de instrumentos: Com a missão e diagnóstico em mãos o próximo passo é a definição de metas e instrumentos necessários para cumprir seus objetivos e missão;
  4. Controle e avaliação: por último, deve ser feito o controle dos processos e avaliação do desempenho antes e depois da implantação da nova estratégia, observando se ela atingiu ou não os resultados esperados. Caso não, esse pode ser o momento de redefinição das etapas anteriores.

Ao seguir essas etapas, é possível ter um alto grau de controle sobre os processos e, também, sobre os resultados.

E embora o planejamento estratégico deva ser seguido criteriosamente, ele dá mais liberdade para a equipe no geral, visto que cada passo dado possui uma razão de ser e são focados em uma melhora contínua.

Uma metodologia bastante utilizada para começar um planejamento de gestão estratégica é a análise SWOT. Ela se baseia na análise do contexto da empresa, a partir de 4 fatores principais (em inglês): strengths, weaknesses, opportunities e threats, que significam em português: forças, oportunidades, fraquezas e ameaças.

Utilize uma ferramenta para otimizar a gestão estratégica

Para uma melhor análise de dados e resultados, contar com uma ferramenta pode tornar sua gestão estratégica ainda mais assertiva e eficiente.

Tais ferramentas automatizam o processo de gestão de todos os dados e informações a gerenciar, realizando análises aprofundadas sem perda de tempo.

Um software completo possibilita o acompanhamento de indicadores de desempenho, relatórios comparativos para análise da concorrência e do seu próprio histórico, monitoramento de metas e tomada de decisão.

Vantagens da gestão estratégica

Ter um planejamento bem definido traz vantagens em diversos âmbitos para um negócio. Confira as principais delas para colocar em prática a gestão estratégica da sua empresa ou na sua área de atuação, mais especificamente:

1. Tenha uma organização proativa

Com o planejamento para gestão estratégica sua empresa poderá ser mais proativa, prevendo possíveis problemas e já planejando soluções às situações que se apresentam para tomar as melhores decisões.

Todo o trabalho de pesquisa e análise feito anteriormente para construção do documento te permitirá entender e acompanhar melhor as tendências em constante mudança do mercado, mantendo-se sempre um passo à frente da concorrência.

2. Caminhos mais claros

Na gestão estratégica, os próximos passos e ações estão bem definidos e traçados no plano estratégico. Sendo eles ainda baseados em dados e análises que corroboram a escolha por determinado caminho, que deve estar também alinhado com a visão e a missão da empresa.

Tal gestão possibilita a empresa crescer, avaliar seu sucesso, compensar seus funcionários, estabelecer limites para tomadas de decisões eficientes e muito mais.

3. Maior eficiência operacional

Ao estruturar um planejamento para sua gestão estratégica você tem em mãos um poderoso documento, que serve como uma espécie de roteiro para guiar as ações e atividades da empresa.

Sendo assim, sua organização toma todas as decisões para alcançar os objetivos definidos, direcionando todos os esforços na mesma direção.

Homem sentado com camisa listrada e perna cruzada analisa métricas em um tablet

Saiba mais: Conheça 8 dicas práticas para a gestão da inovação nas organizações.

Conclusão

O mercado está em constante transformação e está cada vez mais claro que as organizações que não constroem uma base sólida, com foco e previsão terão dificuldades de se manter ativas por muito tempo.

Porém, as chances mudam para aquelas que têm um planejamento para uma gestão estratégica forte. Quando você planeja como chegar onde quer estar, ficará muito mais fácil atingir os resultados esperados.

Portanto, é na gestão estratégica que você deve se pautar para promover a melhoria contínua do seu negócio. Além de garantir a sobrevivência da empresa ao longo do tempo.

Que tal começar realizando uma pesquisa de mercado que lhe permita ter um diagnóstico estratégico sólido? Experimente a plataforma de pesquisa digital da MindMiners por 15 dias grátis.

Este post foi escrito pela equipe da Siteware, uma empresa que une pessoas, operação e estratégia em um único software de gestão empresarial, para que as empresas melhorem seus resultados, sua comunicação e sua governança.



Início