Como as marcas podem utilizar eventos como estratégia de Marketing

Saiba como utilizar eventos nas suas estratégias de marketing e fidelizar ainda mais o seu público-alvo com o seu produto ou serviço!


clock
5 min
Como as marcas podem utilizar eventos como estratégia de Marketing

Apesar da tecnologia expandir os negócios, movimentar informações e conectar as pessoas que estão distantes geograficamente, ela não proporciona o vínculo emocional como o “face a face”. Trazendo isso à tona, o início deste blogpost já explica por si só a importância de trabalhar os eventos como estratégia de marketing na sua empresa.

Principalmente após a pandemia, as pessoas começaram a entender a importância de ter o contato físico tão próximo. Este tipo de ação tem promovido excelentes resultados para as mais diversas empresas e a sua pode estar entre elas.

O mercado de eventos é um dos que mais cresce no Brasil e alcança marcas gigantescas quando falamos sobre a movimentação de capital no País. As opções disponíveis para quem quer utilizar este tipo de ação são muitas:

  • Shows;
  • Congressos;
  • Feiras de negócios;
  • Seminários;
  • Festas;
  • Cafés;
  • Exposições;
  • Entre outros.

Como o marketing de eventos pode impulsionar a sua empresa?

Organizar um evento não é uma tarefa fácil, existem muitas coisas por trás que precisam ser consideradas para que tudo saia como esperado no grande dia. Se um evento não for bem planejado, não quer dizer que ele não vai acontecer, mas com certeza apresentará algumas falhas e ficará marcado pela desorganização. Não é isso que queremos, certo?

Qual a importância do marketing de eventos?

Um dos principais pontos quando falamos sobre utilizar eventos como estratégia de marketing, é a questão do aumento da credibilidade da sua empresa. Isso porque em momentos como estes, parceiros e clientes podem interagir com a marca e vê-la como mais confiável. 75% dos donos de negócio afirmam que as chances de fazer contatos valiosos é o motivo principal para participar de eventos.

Além disso, podemos dizer que as pessoas que vão até o seu evento certamente são leads quentes, que podem tornar-se uma conversão ainda mais efetiva. Isso porque um evento nichado pode reunir um público com interesses na mesma área, produtos ou novas oportunidades em geral.

Os eventos também podem ser uma ótima maneira de oferecer uma experiência única aos participantes que conhecem a sua empresa. Isso porque as pessoas não vão a seminários ou conferências apenas para absorver novos conhecimentos e gerar novos contatos, mas também para sair da rotina, ver novas pessoas e se divertirem.

Outro fator importante é que um evento pode gerar um “falatório” positivo sobre a sua companhia, já que 48% dos millennials, por exemplo, participam de eventos para compartilhar suas experiências nas redes sociais. Isso vai promover um alcance maior e mais reconhecimento da sua marca.

Isso mesmo quando não são produzidos diretamente por você. Pense nas oportunidades que grandes marcas ganham em awareness quando patrocinam ou produzem algum tipo de ativação dentro de eventos já consagrados. A Coca-Cola, por exemplo, ganhou destaque no Rock in Rio 2019 e teve sua ativação alçada a atração, o que lhe rendeu uma das maiores lembranças de marca entre outros patrocinadores presentes.

Quais os tipos de eventos podem funcionar?

Existem diversos formatos de eventos para que você possa alcançar as pessoas que já te conhecem e também novos contatos. Também é válido lembrar que, principalmente após a pandemia de COVID-19, os eventos online tornaram-se ainda mais comuns, então é uma opção que você pode considerar.

Caso opte por este formato, é essencial escolher uma plataforma de transmissão segura e didática para receber os participantes. Alguns dos eventos mais populares são:

Eventos VIP

Este tipo de evento pode acontecer tanto online quanto offline e tem como principal objetivo a aceleração das vendas e a intensificação da lealdade de clientes-chave. Este tipo de acontecimento pode reunir acionistas, influenciadores, clientes importantes e outros visitantes que façam sentido para o negócio.

Conferências e Congressos

As conferências e congressos, geralmente, focam em discursos mais educacionais de líderes e experts da área. Elas podem incluir workshops, sessões de networking e outras ações que dobrem os benefícios para os participantes. Um dos mais conhecidos no Brasil é o RD Summit, que ocorre anualmente em Florianópolis, reunindo profissionais de Marketing de todo o país.

Photo by Samuel Pereira on Unsplash

Lançamento de produtos

Este tipo de evento, como o próprio nome sugere, são usados pelas empresas para mostrar suas novas soluções para clientes já existentes ou potenciais. A ideia é fazer com que os leads e compradores fiquem ansiosos para utilizar as novas funcionalidades de um produto e seus benefícios.

Saiba mais: descubra o que seus consumidores desejam e valorizam de fato para desenvolver produtos indispensáveis.

Workshops


Os Workshops geralmente são eventos voltados para a dinâmica prática. Com isso, as empresas utilizam muito este formato para ensinar algo relevante para o mercado em um período mais curto. Para o público externo, é uma ótima oportunidade para gerar novos negócios com clientes que já fazem parte da sua carteira, estimulando o upsell e o cross sell de algum produto ou serviço.

Outros tipos de eventos que você pode considerar são:

  • Feiras;
  • Seminários;
  • Fechamentos;
  • Reuniões;
  • Eventos de liderança de mercado.

Festas e festivais


Sua marca pode não ter o intuito de produzir por si só um evento de grande porte, mas, sim, querer se associar a outros já consolidados no mercado que aumentem a visibilidade e o alcance de público. Nesse caso, os festivais de música como Rock in Rio e Lollapalooza são bons exemplos de eventos em que se pode entrar como patrocinador - vide exemplo da Coca-Cola citado anteriormente.

Fique ligado: você pode fazer uma avaliação de lembrança de marca para validar o resultado do seu esforço após inserção em algum evento com pesquisa digital.

O que fazer durante o evento?

Após escolher o formato que faz mais sentido para o seu negócio, é hora de planejar a construção do mesmo. Não basta apenas escolher como fará, mas o que fará. Para isso, foque nos objetivos mais urgentes e singulares.

Promover momentos de networking é essencial para criar relacionamentos em eventos

Algumas ações que você pode praticar no grande dia são:

  1. Ofertas: se essa palavra já costuma chamar bastante atenção das pessoas por si só, imagina dentro de um contexto ou apresentação? O marketing promocional em eventos é uma forma de fidelizar clientes e também dar o “gostinho” da experiência para pessoas que ainda não tiveram contato com o seu produto ou serviço.
  2. Premiações: as premiações geralmente fazem com que o seu evento seja comentado posteriormente. A satisfação da pessoa que ganhou o prêmio faz com que ela, indiretamente, divulgue a marca que concedeu o presente (e de forma bastante positiva).
  3. Informações sobre a marca: outra ideia é distribuir materiais informativos sobre a marca. Após saberem mais a respeito da empresa, é bacana que os participantes tenham um resumo dos dados que viram. Pense em algo mais atrativo e sustentável na hora de produzir o material, como algo em formato digital, por exemplo.
  4. Criação de relacionamentos: na correria do dia a dia, é comum que as pessoas não tenham um tempo separado para fazer contatos. Sendo assim, é super legal criar um momento de networking no seu evento, uma dinâmica pode impulsionar e encorajar ainda mais os participantes a conversarem entre si.

Agora que você já entendeu a importância de utilizar o marketing de eventos e como fazer, é hora de colocar a mão na massa e alavancar ainda mais a sua marca! Continue navegando pelo Blog da MindMiners para aprender ainda mais sobre comportamento do consumidor e outras ações que você pode implementar na sua empresa ou experimente a plataforma de pesquisa automatizada por 15 dias grátis!

Este post foi produzido pelo parceiro Sympla, plataforma líder em eventos no Brasil.


Início