Como atrair novos clientes com 4 táticas que funcionam mesmo

como atrair novos clientes
Você já deve ter percebido que atrair novos clientes é uma tarefa cada vez mais complexa no mercado atual, e tem exigido cada vez mais criatividade e boas estratégias. Na verdade, as redes sociais e a internet acabaram por formar um público cada vez mais crítico.
Na hora de fechar uma compra, esse novo consumidor pesquisa bem qual é a melhor opção em preço e qualidade entre um número crescente de alternativas.

Neste artigo, vamos apresentar dicas realmente relevantes para mandar bem na conquista de novos clientes.

Confira como atrair novos clientes!

Como atrair novos clientes

1.  Saiba exatamente o que o público quer

Em geral, essa mudança no perfil dos consumidores gerou a necessidade de adaptação por parte das empresas, e do próprio marketing. Hoje em dia, não há como atrair novos clientes com técnicas do velho marketing, que utiliza o ultrapassado discurso de vendas focado em empurrar para o cliente o produto ou serviço oferecido pela empresa a qualquer custo. É preciso focar suas táticas de vendas em atender as reais necessidades do cliente.

Para colocar isso em prática, você precisa saber qual é o público atual da empresa e qual público-alvo pretende conquistar, e a melhor maneira de se fazer isso é realizar uma boa pesquisa de mercado que colete informações de qualidade sobre como os consumidores tomam decisões de compra. 

A pesquisa identifica quais são as necessidades e vontades dos consumidores, e como a empresa responde à elas. A partir das informações obtidas, é possível ter noção exata de quais são os anseios e as expectativas do público, para atrair clientes para a empresa. Isso é importante porque permite corrigir erros de estratégia e de táticas de vendas, além de facilitar a fidelização de clientes, o que, automaticamente, gera o marketing boca a boca,  que é crucial na captação de novos clientes.

2.  Dê importância ao atendimento personalizado

Já dissemos: a melhor propaganda é o cliente satisfeito, como afirma o “papa do marketing”, Phillip Kotler. Por isso, pecar no atendimento ao cliente pode por em risco a fidelidade do consumidor — e um cliente insatisfeito pode fazer propaganda negativa para conhecidos, o que pode prejudicar bastante a empresa.

Atualmente, o conceito de atender bem está associado à criação de um relacionamento mais pessoal entre cliente e empresa. Para criar essa relação com os consumidores, além de atender as necessidades dos clientes, é importante dar espaço ao contato pessoal com o consumidor: ouvi-lo de verdade, mostrando interesse sobre o que ele tem a dizer.

Também compensa dar autonomia ao time de vendas para oferecer ao cliente alguns mimos, como descontos ou pequenos brindes. Isso faz com que o cliente valorize a marca. E vale ressaltar que o pós-venda também faz parte do atendimento, e não deve ser esquecido. Assim, saber ouvir o consumidor e suas eventuais reclamações deve ser praxe, e mostrar que vai tentar solucionar os problemas apontados, também.

3.  Use bem o marketing digital

Hoje, ter um site e uma página no Facebook é mais do que essencial. Ainda assim, isso não basta: para garantir a captação de clientes por meio da internet é preciso interagir de verdade com o público. Nesse sentido, uma das táticas mais efetivas para atrair seguidores e criar engajamento nas redes é fazer enquetes, perguntando aos consumidores que tipo de conteúdo gostariam que fosse disponibilizado na internet. 

Sanar dúvidas e questionamentos, sempre que eles aparecerem, também é importante. Aliás, responder rapidamente impacta na reputação da marca e na percepção que o cliente tem dela. A automatização de mensagens e as promoções nas redes sociais para divulgar produtos ou serviços também são opções que geram engajamento. O e-mail marketing também pode ser uma alternativa de como atrair novos clientes para a empresa, já que faz com que o consumidor se lembre da marca e a mantenha na memória.

Outra dica é fazer campanhas direcionadas para levar seus anúncios e posts às pessoas corretas, usando ferramentas de segmentação como o Google Adwords e Facebook Ads. Ter um bom mailing também permite segmentar uma campanha, mas é preciso planejar bem o formulário de cadastro para obter informações relevantes (idade, sexo, etc.). E, é claro, há de se ter o cuidado de não fazer spam.

4.  Faça um bom marketing de conteúdo

Sabendo o que o consumidor quer, é possível criar conteúdo relevante para atrair novos clientes. Quanto a isso, o bom marketing de conteúdo não tenta vender a todo custo: busca ser útil e fornecer ao leitor conhecimento e informações realmente relevantes e assim se aproximar dele.

Uma das ferramentas mais eficazes para se produzir conteúdo é o blog. Criar textos que ajudem o consumidor a escolher qual produto ou serviço atende melhor às suas necessidades, ou dar dicas que se relacionem com o negócio oferecido, o que ajuda a dar valor agregado à marca.

Na hora de produzir textos, uma boa pedida é fazer listas, que têm apelo na internet. Guias com o passo a passo para atingir um objetivo relacionado ao produto ou serviço da empresa também são boas opções para aumentar acessos. Além disso, o texto do post deve ser acessível e atraente — imagens que ajudem a ilustrar dicas são para lá de bem-vindas. Na hora de postar o conteúdo nas redes sociais, é preciso planejar bem os momentos de cada postagem de acordo com o melhor horário de acessos da página, o Facebook oferece uma ferramenta de estatística completa sobre isso.

Posts relacionados