Novembro Azul: conscientização e oportunidade para marcas

Com o objetivo de compreender e ao mesmo tempo conscientizar os homens sobre a importância da realização de exames para prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata, a MindMiners realizou uma pesquisa sobre a campanha Novembro Azul com 500 homens em nossa base de respondentes própria, o MeSeems

Novembro Azul: o que é?

Muito se fala sobre a campanha Outubro Rosa, que visa conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção de câncer de mama. Enquanto isso, a campanha Novembro Azul, voltada para os homens, apesar de menos conhecida, vem em ganhando força nos últimos anos – prova disso é que em nossa pesquisa, 95% dos respondentes já haviam ouvido falar ou conhecem a ação.

 A campanha aborda o quanto o diagnóstico precoce é crucial para um tratamento mais assertivo do câncer de próstata, além de propor um diálogo aberto com homens para mitigar preconceitos e afastar o receio masculino que espanta pacientes dos consultórios.

 Principais resultados da pesquisa

Na nossa pesquisa, apresentamos aos respondentes alguns dos principais edifícios iluminados em prol da campanha e perguntamos qual deles chamava mais a atenção. Assim como vimos na pesquisa com foco no Outubro Rosa, o Cristo Redentor, na cidade do Rio de Janeiro, ficou em primeiro lugar. Em segundo lugar, os respondentes escolheram o Jardim Botânico, em Curitiba, e em terceiro lugar o Viaduto do Chá, em São Paulo.

Além das ações de iluminação, perguntamos aos homens respondentes quantos conheciam o símbolo do Novembro Azul, representado por um laço na cor azul com um bigode (ou, em alguns casos, apenas o laço azul):

A pesquisa mostrou que 38% dos respondentes declararam nunca terem visto este símbolo, enquanto 52% afirmaram já terem visto pessoas usando o símbolo em roupas e/ou acessórios, em campanhas publicitárias ou mesmo em hospitais e consultórios médicos. Dos 500 respondentes do sexo masculino, somente 22% já utilizaram o laço com bigode em prol da conscientização, entretanto 68% declararam que nunca utilizaram, mas usariam no futuro como forma de apoio à causa.

Apesar da grande maioria dos respondentes ter afirmado conhecer a campanha Novembro Azul, 81% dos respondentes declararam não ter realizado o exame de próstata nos últimos 2 anos. Os principais motivos são relacionados a idade, falta de tempo e a falta de hábito de ir ao médico.

Apesar da campanha do Novembro Azul estar ganhando cada vez mais importância e ações de apoio, a realização do exame de próstata ainda não é uma prioridade para alguns homens. Dentre os homens de 55 anos ou mais que responderam nossa pesquisa, os quais representam 8% do total de respondentes, 39% não realizou o exame de próstata nos últimos 2 anos. Os principais motivos apontados por eles foram a falta de hábito de ir ao médico regularmenteou por terem esquecido de realizar o exame.

O movimento Movember

Este é o nome da campanha global de conscientização do câncer de próstata, em alusão às palavras November (novembro, em inglês) e mustache (bigode). Na imagem abaixo, contamos algumas curiosidade sobre o Movember e o que descobrimos sobre esse movimento na nossa pesquisa:

Sobre o Movember, nossa pesquisa mostrou os seguintes dados:

Em apoio ao movimento Movember/No Shave November, 41% dos respondentes declararam que estavam deixando a barba ou o bigode crescer durante o mês de novembro.
71% dos homens consideram importante este tipo de movimento (Novembro Azul e Movember) na conscientização da importância da realização do exame de próstata.

As marcas e as campanhas do Novembro Azul

Quando questionados sobre a primeira marca que pensavam quando falamos sobre Novembro Azul, a grande maioria não conseguiu associar marcas à campanha de conscientização. Respostas como “nenhuma”, “não sei” e “não lembro” foram a grande maioria entre os respondentes.

Oportunidade para as marcas

Marcas como Gillette, Prestobarba e Unimed foram as poucas lembradas por uma parte dos respondentes. Em contrapartida, 86% afirmaram que consideram importante esse tipo de envolvimento das marcas com a campanha Novembro Azul. Para a MindMiners, esses dados mostram que há uma grande oportunidade para as marcas para se aproximarem e criarem um vínculo com os seus consumidores através de ações de conscientização como a campanha Novembro Azul.

Ainda não está convencido que sua marca deve investir nesse tipo de ação? Saiba que para 63% dos respondentes o apoio de marcas à campanha de conscientização Novembro Azul é um fator importante na decisão de compra de produtos. E agora? Será que não vale repensar e aproveitar melhor essa oportunidade de conectar-se com os seus consumidores através de uma campanha de conscientização importantíssima?

Esta pesquisa foi elaborada na plataforma automatizada Miners Compass e as respostas foram coletadas entre os dias 09 e 16 de novembro 2017. A amostra contou com 500 respondentes, do sexo masculino, de 25 a 70 anos, residentes nas 5 regiões do Brasil e das classes sociais ABC. Todos os respondentes fazem parte do painel proprietário da MindMiners, o MeSeems.

Quer saber mais sobre os hábitos de consumo e análises de tendência? Acesse nosso infográfico sobre a Black Friday 2017.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Subscribe  
Notificações