Estratégias de e-mail marketing que aumentam conversões

Estratégias e-mail marketing

1. Criar uma comunidade exclusiva

Dentre as melhores estratégias de e-mail marketing, fazer seus assinantes se sentirem especiais, além de ser uma ótima maneira de aumentar o interesse deles pelos conteúdos e pelas ofertas que recebem por e-mail, é também uma ferramenta poderosa para a construção de comunidades. Faça seus assinantes se sentirem parte de um clube exclusivo! Essa exclusividade tem grande valor para a audiência.

2. Investir no design

Ao trabalhar com email marketing, é importante manter a coerência na identidade visual. Um design bem atrativo, isto é, organizado, com fácil comunicação, certamente vai oferecer melhores resultados. Aqui vale ressaltar a importância do botão de ação, o call to action. O tipo de destaque dado a esse botão varia de empresa para empresa. Para algumas, ele pode ser baseado em cores chamativas; para outras, o destaque consiste simplesmente em isolar o botão. Tudo depende do público-alvo e dos testes realizados.
Valorize frases curtas e deixe bem clara a ação que o assinante deve tomar, assim como aquilo que ele receberá em troca por realizá-la. Esse é o botão que conduzirá a pessoa para a conversão. Torne-o irresistível!

3. Mostrar que você se importa

Seus assinantes de email marketing estão recebendo centenas de outros e-mails todos os dias, oferecendo download de e-books, realização de testes, cursos gratuitos e muito mais. E estas são excelentes estratégias de e-mail marketing. Então, destaque-se na multidão mostrando à sua audiência o quanto você se preocupa com ela.
Antes de oferecer uma oferta de produto, por exemplo, entregue ao seu público um conteúdo que responda a questões específicas relacionadas ao tipo de problema que sua empresa lucra ao resolver. Eis a urgente importância da sua empresa entender as preferências dos valiosos leads que possui.

4. Pedir feedback

Contanto que você não seja agressivo, não há problema algum em pedir feedback. Se você vai pedir ajuda, é importante ser genuíno e não invasivo. Essa é uma forma interessante do assinante ajudar a empresa a conhecê-lo melhor para, então, oferecer um produto mais apropriado no futuro.
Outro fator importante ao pedir o feedback é que quanto mais fácil for para o assinante finalizá-lo, maior será o número de pessoas que vão responder positivamente a seu convite. Vale informar logo no início a quantidade de perguntas e/ou a estimativa de tempo para sua realização.

6. Tratar os clientes de forma pessoal

E-mail é uma boa oportunidade para humanizar a sua marca. A caixa de entrada é um lugar íntimo, usado principalmente para a conversa pessoal. Por isso, faça o seu melhor para escrever como um ser humano, e jamais como uma marca. Empresas que usam outras estratégias de e-mail marketing na hora de se dirigir aos clientes, de forma automática e fria, perdem muitos pontos com eles.
 
Não há problemas em falar sobre seus desafios, obstáculos e até mesmo sobre as suas falhas. Os leitores podem se identificar, pois estão suscetíveis a enfrentar situações semelhantes, tanto na vida pessoal quanto na profissional.

7. Disponibilizar conteúdo para download

O e-mail é a plataforma perfeita para o compartilhamento de conteúdo. Os emails marketing geralmente não contêm arquivos, porque o foco normalmente está nas mensagens, nos call to actions e no design.
Faça com que seus e-mails sejam interessantes para seus assinantes não apenas pelo excelente design, mas também pela utilidade. Dessa forma, ele se sentirá prestigiado e abrirá com maior frequência os e-mails que você enviar. Conteúdo relevante e segmentado é uma das mais efetivas estratégias de e-mail marketing.

8. Dizer aos leitores o que fazer em seguida

O pecado capital da conversão é a incapacidade de comunicar claramente qual é o próximo passo. Como alguém pode converter se não tiver certeza do que fazer? É o que os especialistas em taxa de conversão dizem incansavelmente: “Seja claro e direto com seus usuários, dizendo-lhes exatamente o que você gostaria que eles fizessem”.  Ler previamente seu e-mail tentando responder a pergunta “o que eu devo fazer?” é uma ótima maneira de facilitar o caminho da pessoa que vai receber a mensagem, e, dessa forma, tentar envolvê-la com seu call to action.
Dica extra: caprichar nas estratégias de e-mail marketing não deve acontecer somente em datas promocionais. Apesar de serem muito utilizados em datas comemorativas, oficiais e não oficiais, e-mails servem para qualquer tipo de ação promocional.

Posts relacionados