Chatbots na pesquisa de mercado: entenda esse novo caminho

Os profissionais de marketing sabem a importância que uma pesquisa de mercado exerce no desenvolvimento de seus trabalhos.

Assim como a área se atualizou e evoluiu com o uso das novas tecnologias, as pesquisas de mercado também acompanharam esse processo. Nesse novo momento, os chatbots surgiram como uma nova maneira de realizá-las.

Esse tipo de software vem atraindo a atenção de empresas que desejam, principalmente, manter um relacionamento próximo com seus clientes para conquistar sua fidelização. Na prática, o objetivo da ferramenta é facilitar o acesso à pesquisa e também fornecer insights sobre os resultados obtidos no questionário.

Neste artigo você vai conhecer um pouco mais sobre esse termo que está tão na moda, além de aprender como funcionam e os benefícios que podem proporcionar para a sua empresa. Preparado?

O que são chatbots?

O nome da tecnologia já explica brevemente o que ela faz. “Bots” faz referência aos robôs (robots em inglês), que, neste caso, interagem com pessoas por meio de chats. Seguindo essa lógica, os chatbots nada mais são do que softwares de perguntas e respostas automatizadas, que podem extrair informações sobre os consumidores dos mais diversos perfis a partir de uma conversa.

Atualmente, existem dois tipos de chatbots sendo utilizados na pesquisa de mercado:

  • Chatbots com regras predefinidas: são os mais comuns, com perguntas e respostas fixas. Se o receptor disser algo que não está predefinido, o robô não entenderá e pedirá para o respondente recomeçar.
  • Chatbots de inteligência artificial: mais avançados e difíceis de serem desenvolvidos, esses são capazes de aprender com os diálogos e, assim, de se desenvolver ao longo das experiências. Aproximam-se mais de uma conversa real com um ser humano.

Como funcionam os chatbots na pesquisa de mercado?

Na pesquisa de mercado, a função desse software é coletar as respostas de um questionário preestabelecido, apurar e analisar os dados obtidos. Em todos os casos, a empresa pode escolher quem fará parte da pesquisa (pensando em idade, localização, gênero, etc.) e estes indivíduos então serão convidados a participar.

Ao fornecer a possibilidade de responder um questionário a partir de uma ferramenta que o indivíduo já está acostumado a utilizar, as chances de as respostas dadas serem mais naturais aumentam. Como agradecimento, é sempre interessante oferecer alguma recompensa para o participante depois do processo.

Quais são os benefícios dessa nova tecnologia?

1. Pesquisa mais atrativa

Um dos principais benefícios de utilizar um chatbot é, sem dúvidas, a transformação da pesquisa. Antes longa e de acesso complicado, agora é um diálogo realizado no próprio aplicativo que o consumidor já possui. É uma vantagem para o consumidor e também para a empresa.

2. Resultados mais precisos e fácil leitura dos dados

Apesar de a maioria dos chatbots ainda funcionarem somente com um roteiro preestabelecido, as respostas que eles conseguem extrair dos respondentes qualificam as pesquisas. Além disso, os resultados são únicos e, portanto, mais precisos. A leitura de dados também é mais fácil de ser feita com o auxílio dos bots.

3. Personalização da pesquisa

O software é vantajoso porque permite a personalização do trabalho de pesquisa, tornando possível, para a empresa, conhecer cada um de seus clientes. As respostas dadas não serão apenas “sim” ou “não”. Elas terão a identidade e as características de cada respondente.

O consumidor pode ainda fazer perguntas e, dessa maneira, o bot vai conhecendo cada vez mais a pessoa que está dialogando com ele. As informações coletadas pela tecnologia podem ser usadas posteriormente no planejamento de estratégias e até no desenvolvimento de determinado produto.

4. Relacionamento com o cliente

A abordagem de pesquisa a partir de uma plataforma com a qual o consumidor ou cliente já tem mais familiaridade abre uma possibilidade de relacionamento mais próximo. Se a conversa por chat for satisfatória, o consumidor pensará em continuar um diálogo pelo mesmo canal no futuro (se ele tiver uma dúvida ou sugestão, por exemplo).

Sendo assim, compradores que antes não tinham um relacionamento com a empresa podem começar a ter. Manter um laço com as pessoas que adquirem seus produtos ou serviços é fundamental durante toda a jornada de consumo, e o chatbot pode ajudar a instituição a preservar essa boa prática.

Exemplos de sucesso

O uso de chatbots na pesquisa de mercado está apenas começando, mas algumas empresas já comprovaram que os resultados dessa ação podem ser muito benéficos. As respostas recebidas são únicas e revelam um lado bastante íntimo do consumidor.

A Sephora e o Uber são exemplos de marcas que já exploram os chatbots. A rede de cosméticos fez uma parceria com o aplicativo de mensagens Kik e, desde então, disponibiliza para os clientes a possibilidade de fazer compras online pela ferramenta. Primeiro, as pessoas devem responder um quiz online e, depois, baseada nas respostas obtidas, a empresa oferece dicas de produtos e estimula a compra.

Já o Uber fez uma parceria com o Messenger, do Facebook. Agora, os clientes podem chamar os motoristas por meio do aplicativo, não sendo mais necessário ter o app no celular. Porém, o serviço ainda não está disponível no Brasil.

Com atividades simples e inovadoras como essa sua marca passará a conhecer melhor seus clientes e pode desenvolver estratégias cada vez mais eficazes! E você? Está pronto para experimentar o software de comunicação automatizada?

Para saber mais sobre chatbots e pesquisas de mercado, acompanhe nosso blog e assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notificações
avatar
wpDiscuz