O amor está no ar: como os brasileiros comemoram o Dia dos Namorados

Quer entender um pouco melhor sobre a dinâmica dos relacionamentos na pandemia e saber o que as pessoas estão planejando para esse dia dos namorados? Veja o estudo que fizemos com casados, namorados e solteiros!


clock
3 min
O amor está no ar: como os brasileiros comemoram o Dia dos Namorados

Com o Dia dos Namorados se aproximando, os brasileiros estão focados cada vez mais em como irão comemorar a data. Conversamos com 500 pessoas, entre elas casados, namorando e solteiros, de todas as classes sociais, regiões do país e faixas etárias, para entender o que cada um desses perfis espera da data. Nesse estudo, exploramos os relacionamentos presenciais e a distância, a utilização de aplicativos de namoro e os planos para o dia 12 de junho.

Após mais de dois anos de isolamento, por conta da pandemia, a rotina e as comemorações voltam gradativamente a fazer parte da rotina dos brasileiros. Com a abertura total do comércio, bares e restaurantes, o Dia dos Namorados volta a oferecer mais opções de celebração para os casais. Vamos entender como será em 2022?

Amostra da pesquisa
Perfil da amostra utilizada no estudo

Pesquisa realizada entre os dias 30 de maio e 6 de junho de 2022.

Como está a vida amorosa dos brasileiros

Estamos com o coração ocupado e não é de hoje. Entre os respondentes da pesquisa, 61% irão passar a data comprometidos, sendo 46% casados e 15% namorando. Dentre eles, 61% já estavam em um relacionamento desde o último Dia dos Namorados.

Uma vez que, a maior parte já está casada, 82% mora com o companheiro(a) e, dentre eles, 57% com filhos. Sendo assim, principalmente para aqueles que já possuem filhos(as), esse pode ser um momento importante para que os casais se conectem um com o outro, e consigam focar durante esse dia em sua relação.


Como tudo começou

Para 61% dos comprometidos(as) esse não será o primeiro Dia dos Namorados, uma vez que já estavam em um relacionamento desde a última comemoração da data.

Relacionamentos estes que, em sua maioria (79%), se conheceram pessoalmente e apenas uma pequena minoria, de 9%, o fizeram por meio de aplicativos de namoro.

Ao contrário do que muitas vezes acreditamos, o que o estudo nos indica é uma preferência pelo contato presencial no momento de buscar alguém para estabelecer um relacionamento. Podemos então perceber que mesmo que as novas tecnologias auxiliem e venham com intuito de facilitar encontros, elas ainda não se demonstram tão eficientes na consolidação de relacionamentos mais duradouros.


O romantismo está no ar

Por mais que boa parte dos comprometidos não estejam vivenciando essa data pela primeira vez junto com seu(sua) companheiro(a), o Dia dos Namorados ainda é importante e capaz de despertar muitos sentimentos.

Quando questionados como estavam se sentindo em relação ao Dia dos Namorados desse ano, 48% disseram estar felizes. Além disso, 74% pretendem comemorar o Dia dos Namorados, e a troca de presentes continua sendo um clássico importante para a data.

Como os(as) comprometidos(as) pretendem comemorar a data:

35% irão comprar presentes;
23% irão a restaurantes;
21% vão preparar uma refeição especial em casa;
18% irão pedir delivery.

26% dos comprometidos não irão comemorar a data esse ano.

Entre aqueles que pretendem celebrar esse dia, a expectativa é para que o investimento fique entre R$50,00 e R$200 com a com toda a comemoração.

Quanto pretendem gastar:

34% entre R$50,00 e R$100,00;
24% entre R$101,00 e R$200,00;
18% entre R$201,00 e R$300,00;
9% até R$50,00;
6% entre R$301,00 e R$400,00;

Apenas 4% pretendem gastar mais que R$500,00.

Existe espaço para os solteiros nessa data

Sim! Os(as) solteiros(as) representaram 39% dos respondentes da pesquisa, e por mais que não estejam tão animados para essa data quanto os(as) comprometidos(as), 25% ainda pretendem fazer algo diferente da rotina comum no Dia dos Namorados.

13% irá passar o dia com amigos(as) ou familiares;
5% irá se encontrar com um(a) paquera;
2% comprar um brinquedo erótico para aproveitar sozinho(a);
5% irá fazer outras atividades.

5% irá fazer outras atividades.

Por outro lado, um ponto em comum com os comprometidos(as) é que os(as) solteiros(as) não estão utilizando as tecnologias para encontrar um relacionamento.

67% dos solteiros nunca utilizam aplicativos de namoro. Dentre eles, temos um destaque para os jovens de 18 a 24 anos, uma vez que 85% desse número afirmou nunca ter utilizado esse tipo de recurso. Em contrapartida, os(as) respondentes entre 25 e 34 anos, 45% usam ou já utilizaram aplicativos para namoro.


Quer saber o que mudou na comemoração da data desde o último ano? Acesse os resultados do estudo Dia dos Namorados 2021 também!

Acesse nosso estudo aqui!

Início