Critério Brasil: como segmentamos os respondentes do painel MeSeems

Você já conhece o painel de respondentes da MindMiners, o MeSeems. Lá, quase 400 mil usuários de todas as faixas etárias, regiões do país e classe social estão reunidos e preparados para responder perguntas sobre sua marca, hábitos de consumo, preferências na hora da compra, dentre tantas outras possibilidades.

Uma dúvida comum entre nossos clientes, no entanto, refere-se a como dividimos os usuários da nossa base em classes sociais. Quais critérios são utilizados? Eles são realmente confiáveis na hora da entrega dos resultados? O objetivo deste artigo é falar um pouco sobre isso. Esperamos que, ao final, você tenha compreendido todos os cuidados tomados pela MindMiners para classificar seus respondentes. Vamos lá?

Por que esse tipo de classificação é tão importante para pesquisa?

Classificações sociodemográficas permitem que você tenha uma visão clara dos respondentes da sua pesquisa a partir de características como sexo, idade e classe social. Mas, para que isso seja verdadeiramente possível, é fundamental a existência de critérios pré-definidos.

O Critério Brasil, um dos mais utilizados, apresenta a possibilidade dessa visão do todo e a realização de segmentações, além de trabalhar com nichos mais específicos, embasados estatisticamente.

O que é Critério Brasil?

Antes de explicarmos o que é e como funciona o Critério Brasil, é importante situar que essa metodologia permite classificar e compreender uma amostra por meio das classes econômicas brasileiras: A,B,C e DE. Mas, para tanto, leva em consideração bens de consumo e grau de escolaridade para estimar a renda. Parece complexo? Explicaremos em detalhes a seguir.

O Critério Brasil é utilizado, na maioria das vezes, em pesquisas quantitativas e por pesquisadores e institutos de diferentes tamanhos e que adotam diferentes metodologias. Mas, o mais importante é o seu reconhecimento e aprovação por parte de um comitê técnico que atua a serviço da ABEP (Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa).

Em poucas palavras, o Critério Brasil é um sistema de pontos para medir o poder de compra dos brasileiros – utilizando a posse de bens no domicilio, grau de educação do chefe de família e serviços públicos presentes no endereço – com base nessas declarações os respondentes são classificados em grupos (classe social) de acordo com a pontuação final.

Na tabela abaixo, é possível compreender como funcionam os sistemas de pontos do Critério Brasil (e calcular o seu, caso você queira!).

Fonte: ABEP – Critério Brasil 2015

A leitura parte da linha com os bens duráveis (banheiro, automóvel, geladeira, etc) e coluna para a quantidade destes itens. Já o cruzamento desses dados apresenta o número de pontos por resposta. Por exemplo: quem respondeu que possui 2 banheiros no domicílio é contabilizado com 7 pontos e quem possui 1 lava-louça com 3 pontos. Ao final de todas as respostas e pontuações, faz-se uma soma e as classes econômicas são divididas entre A, B1, B2, C1, C2 e DE de acordo com a pontuação obtida (a escala varia de 0 a 100 pontos):

Os cuidados da MindMiners para classificar os respondentes

A MindMiners utiliza o Critério Brasil para classificar os usuários de seu painel proprietário de respondentes. Isso garante transparência em todos os nossos projetos de pesquisa e segurança para os nossos clientes, uma vez que permite que falem com os targets corretos e entendam o comportamento do consumidor com maior assertividade.

A coleta dos parâmetros utilizados no Critério Brasil acontece no próprio MeSeems. As perguntas são realizadas em duas ocasiões: 1) quando um novo usuário se cadastra no MeSeems. Nesse caso, ele receberá uma pesquisa com perguntas básicas como, por exemplo, quantos banheiros têm no domicílio que ele mora? Qual o número de automóveis? Quantas geladeiras? E assim por diante, até completar as perguntas presentes na tabela acima. Caso esse questionário não seja respondido, esse usuário não receberá pesquisas. Ou seja, essa é uma condição para fazer parte da nossa rede social de opinião.

A segunda situação é um compromisso da MindMiners com a atualização constante desse critério. Anualmente, uma nova rodada das perguntas do Critério Brasil será enviada para o usuário com intuito de atualização das respostas de nossa amostra. Isso garante que quando um cliente delimitar um target ele esteja realmente falando com quem deve ouvir.

Aplicação do questionário Critério Brasil no aplicativo MeSeems

Para que fique ainda mais claro, vamos pontuar alguns questionamentos comuns de nossos clientes no que se refere à segmentação da nossa base em classe social.

1) Por que não utilizar a renda individual/familiar dos respondentes ou mesmo o salário para essa classificação?

Ao pensarmos no tamanho do Brasil é importante lembrar que a base salarial e preço de produtos acaba variando muito de cidade para cidade. O custo de vida não é igual em todo território brasileiro. Portanto, utilizar apenas a renda como fator de classificação econômica acaba sendo incoerente em algumas situações de pesquisa. Além disso, é muito comum que os respondentes não se sintam confiantes em informar dados de natureza financeira.

2) Qual a confiabilidade do Critério Brasil?

Importante situarmos que como a própria ABEP declara, o Critério Brasil foi elaborado usando critérios estatísticos, baseados nas condições de amostra e expansão para universo, trabalhando sempre com probabilidade.

3) Quais outros critérios existem?

Além do Critério Brasil, existem outros fatores e metodologias de classificação, por classe social, utilizados no mercado de pesquisa brasileiro. O IBGE, por exemplo, apresenta indicadores sociais com base no número de salários mínimos.

Atualmente, trabalhar somente com indicadores demográficos acaba sendo inviável, pois os respondentes possuem diferentes perfis comportamentais e estilos de vida. Com isso, a segmentação psicográfica (aquela que considera hábitos) ganhou importância por criar um maior sentido para os pesquisadores e marcas.

Ao utilizar nossa plataforma de pesquisa automatizada e selecionar o MeSeems como coletor, é possível optar por filtros bastante específicos e complementares à segmentação sociodemográfica. Isso significa dizer que, além de poder optar por mulheres, 40+, residentes na região sudeste, você poderá ainda direcionar sua pesquisa àquelas que são mães e/ou que praticam atividades físicas regularmente e/ou que são responsáveis pelas compras. A vantagem de tudo isso? Maior assertividade na delimitação do target desejado e nos resultados obtidos.

4) E se eu quiser saber a renda individual/familiar dos respondentes?

Nossos questionários são 100% customizáveis, buscando atender a todos os critérios e interesses. Uma questão como a renda individual/familiar pode ser inserida como uma pergunta aberta ou uma pergunta de resposta única, com a quebra das faixas salariais.

Aqui você encontrará dicas para construir um bom questionário de pesquisa.

Caso você queira saber mais e pretenda utilizar nossa plataforma de pesquisa automatizada, fale com um de nossos especialistas e conheça os perfis contemplados em nosso painel proprietário de respondentes, o MeSeems.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notificações
avatar
wpDiscuz