5 erros frequentes de merchandising no ponto de venda

É no ponto de venda que ocorre a última oportunidade de um varejista influenciar a decisão de compra de um cliente.
E o merchandising no PDV surgiu exatamente para isso: usar técnicas e estímulos de marketing, nesse momento decisivo, para chamar a atenção dos compradores, informá-los corretamente sobre os produtos e levá-los à compra.

Mas, apesar de sua importância, um grande número de varejistas ainda comete erros de merchandising no PDV que podem prejudicar vendas e a imagem da marca em questão. Confira alguns deles.

5 erros fatais de merchandising no ponto de venda

Falta de espaços negativos

Muitos varejistas acreditam que a melhor forma de fazer um bom merchandising no ponto de venda é ocupando totalmente os espaços, para evitar perder oportunidades de exposição de seus produtos.

Na verdade, esse é um grave erro. Além do excesso de material promocional poder causar uma poluição visual que só vai confundir seu cliente, o layout da loja também precisa de espaços negativos. Corredores espaçosos entre prateleiras são só um exemplo.

Em varejistas que vendem produtos grandes, como eletrodomésticos, mobiliário e até artigos esportivos, por exemplo, o cliente precisa de um espaço para dar um passo atrás e observar por inteiro o produto que deseja comprar.

Já em varejistas de moda e lojas de departamento, uma pequena área de estar também pode servir para acompanhantes aguardarem enquanto outros fazem compras.

Ofertas logo na entrada da loja

A área logo após a porta de entrada de uma loja é um espaço bastante especial e que deve ser devidamente valorizado ao se planejar o merchandising no ponto de vendas.

Ele precisa ser amplo, permitir uma fácil circulação e proporcionar uma visão geral da loja, de sua variedade de produtos e qual é sua especialidade, deixando claro ao cliente que entra seu posicionamento e sua proposta de valor.

Essa área é um tipo de cartão de visitas que vai criar uma imagem na mente do cliente sobre as características do lugar onde pretende fazer compras.

Se a maneira de dar boas-vindas para o cliente for um balcão com produtos que sobraram de outras estações ou promoções anteriores, com preços baratos e amontoados para serem levados dali o mais rapidamente possível, a mensagem para o cliente será extremamente negativa. Evite esse erro de merchandising no seu PDV.

Montar uma vitrine incrível e não alterá-la por meses

Principalmente quem está em shopping center não pode cometer esse erro de merchandising no PDV.

Investir em uma vitrine criativa, em especial no caso de varejos de moda, brinquedos, esportes e tecnologia, é fundamental. Criar efeitos cenográficos especiais é uma estratégia inteligente, muito comum em datas sazonais, como Natal, Dia das Mães e Dia das Crianças, mas lembre-se de renovar as vitrines a cada duas ou três semanas.

Isso não significa remodelá-las totalmente e retirar as caras decorações especiais, mas fazer pequenas alterações, trocar os produtos expostos, mudar os cartazes com ofertas e outros elementos.

Os consumidores estão sempre ávidos por novidades. Se a loja tiver várias vitrines, uma delas pode manter essa decoração especial inalterada por mais tempo, mas as outras devem mostrar que a loja está sempre inovando.

Usar sinalizações que inibem a compra e constrangem clientes

“Sorria, você está sendo filmado”. Por mais que seja necessário coibir as perdas provenientes de desvios de mercadorias, o layout e o visual de sua loja são ferramentas de vendas poderosas demais para serem prejudicadas por erros de merchandising no ponto de venda como esse.

“Não toque nas mercadorias” é outro exemplo que simplesmente não faz qualquer sentido. Se esse for realmente o caso, coloque esses produtos em vitrines protegidas por um vidro.

Excesso do mesmo produto em exposição

Evitar a falta de produtos em exposição nas lojas é uma preocupação bastante comum entre varejistas, mas a resposta para isso, definitivamente, não é abarrotar prateleiras de um mesmo produto, principalmente se ele estiver em oferta.

A impressão que o cliente terá com esse clássico erro de merchandising no ponto de venda é que o produto deve estar próximo do prazo de validade, ou com algum defeito, ou que é um fracasso, uma moda passageira que não deu certo e que a loja precisa se livrar dele com urgência.

Entender o comportamento do consumidor é uma excelente maneira de obter as informações certas para planejar as melhores estratégias de merchandising no ponto de venda. Já pensou fazer uma pesquisa em apenas 5 dias para descobrir isso?

Com a ajuda de plataformas automatizadas de pesquisa, essa velocidade se tornou uma realidade. Além da agilidade para o disparo da sua pesquisa, você também não precisa mais sofrer para construir um questionário. Na biblioteca da Miners Compass, você encontrará uma longa lista de questionários tecnicamente testados e prontos para uso. Existem vários questionários certificados para medir a eficácia das suas ações no ponto de venda.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notificações
avatar
wpDiscuz