Marketing tradicional x Marketing digital aprenda a integrá-los

Com o desenvolvimento da tecnologia, e consequentemente o aumento da acessibilidade e facilidade de uso das ferramentas de marketing digital, profissionais de marketing podem acabar deixando de lado estrategias e táticas consideradas mais tradicionais, investindo mais nas ferramentas de marketing digital.

Como ponto de partida, é importante compreender que ‘tradicional” não é sinônimo de ruim ou antigo. Conceitos e paradigmas já consolidados pelo marketing seguem valendo. A diferença é que, agora, eles podem ser combinados e aprimorados a partir da inclusão de novos canais, plataformas e recursos, garantindo resultados ainda melhores, sempre que se faz um estudo do Marketing tradicional vs Marketing digital, caso a caso, para definir o melhor uso desta combinação.

Nesse post vamos mostrar a importância de saber como combinar as duas abordagens dentro de suas estratégias de marketing, de uma maneira eficiente e, principalmente, coerente com os objetivos do seu negócio. Confira!

Por que analisar marketing tradicional vs marketing digital e combiná-los?

O marketing digital permite uma exposição e interação maior de uma marca com seus consumidores. Além disso, ações no meio digital são significantemente mais baratas do que nos meios tradicionais e a capacidade de mensurar resultados também é maior. Quando combinados, os benefícios dos dois podem ser aproveitados e um pode compensar acabar compensando fraqueza do outro.

O embate Marketing tradicional vs Marketing digital não existe, eles são complementares.

Na prática, um dos fatores que mais diferencia as duas abordagens de marketing é a segmentação (ou as possibilidades de segmentação oferecidas). Canais de mídia tradicionais são excelentes meios de comunicação se o objetivo for alcançar um número grande de pessoas, enquanto a mídia digital tem como vantagem oferecer uma segmentação bastante detalhada, que permite falar diretamente com grupos de públicos bastante específicos.

Além disso, o marketing digital possibilita a produção de ações mais personalizadas, principalmente a partir de conteúdo, que ajudam a construir um relacionamento mais profundo e próximo com o cliente.

Mas, como promover tal integração, Marketing tradicional vs Marketing digital, de forma eficiente?

1. Trace objetivos de forma clara

É importante desenhar objetivos claros para que você consiga calcular os esforços que devem ser alocados para cada atividade, levando em conta a importância e urgência de cada uma delas. É uma maneira eficiente de alinhar o propósito das diversas atividades que acontecem dentro do marketing e, assim, verificar quais esforços se complementam e quais não se encaixam nas diretrizes macro que orientam a marca.

Todas as campanhas de marketing devem ser iniciadas com o resultado esperado em mente. Isso significa dizer que os objetivos devem ser desenhados a partir de KPI’s (key performance indicators) e de ROI (return on investment) e todas as ações devem ser mensuradas a partir dessas métricas. Dessa forma, fica mais fácil perceber aquilo que não estão trazendo retorno para a empresa, e que então precisa ser modificado ou cortado

Veja mais sobre o resultado de sua ações de divulgação lendo este post: Como calcular o ROI de uma campanha de marketing digital?

2. Seja consistente

O marketing é mais eficaz quando todas as ações estão alinhadas e trabalham em função de um propósito único. É como dissemos antes, não pense em Marketing tradicional vs Marketing digital, pense na sua união e integração. Se as iniciativas de marketing de uma marca não forem consistentes, os consumidores podem perder o interesse por ela. Por isso é tão importante pensar nesse aspecto na hora de integrar o marketing digital e o tradicional. 

Alinhar o tom e a personalidade do marketing é essencial, e um esforço que deve refletir os valores da empresa. Por exemplo: a mensagem de um anúncio impresso deve carregar o mesmo tom da mensagem do email marketing, a fim de reforçar o posicionamento da sua marca. Para evitar que inconsistências aconteçam, é importante documentar os objetivos de marketing da empresa, o posicionamento de marca e o trajetória de ações e campanhas de forma que a essência se mantenha independente de mudanças estruturais dentro da empresa. 

3. Considere ser cross-mídia

Utilizar estratégias digitais e tradicionais combinadas permite que a mensagem da empresa seja transmitida através de canais diferentes, atingindo um público cada vez maior e mais diversificado, em diferentes momentos do dia-a-dia. O importante aqui é identificar o canal de maior afinidade junto ao público pretendido por sua empresa.

Não caia no erro de não integrar marketing on e off, entre outros: 7 erros em campanhas de marketing que devem ser evitados

De maneira geral, sugerimos que profissionais de marketing explorem o benefício do alcance dos canais de marketing tradicionais para gerar awareness de marca e trabalhar técnicas de marketing digital como um próximo passo para engajar o consumidor. Portanto, substitua a expressa Marketing tradicional vs Marketing digital e use, a partir de agora, esta formulação: Marketing tradicional + Marketing digital.

Exemplos de sucesso:

A 99 Táxis está se tornando referência por proporcionar experiência diferenciadas para o seu usuário. Uma das ações que teve ótima repercussão entre os passageiros aconteceu no lançamento do filme “Batman vs Superman: A Origem da Justiça”. O usuário fazia o pedido do táxi por meio do aplicativo da empresa e, aleatoriamente, poderia ser surpreendido com a chegada de táxi que era, na verdade, o carro do Batman ou o carro do Superman. Além disso, ainda ganhava ingressos para ver o filme no cinema, não pagava pelo valor da corrida e assistia a trechos do filme durante o percurso. Ah, e os motoristas estavam vestidos a caráter, é claro!

Já a concorrente Uber promoveu a ação “A Uber leva cachorrinhos até você”, com o objetivo de incentivar a conscientização de adoção de animais, em parceria com instituições de adoção funcionava assim: durante o período da campanha, o usuário poderia solicitar cachorrinhos disponíveis por meio do aplicativo e um motorista levava 3 cachorrinhos disponíveis para adoção até o potencial adotante e este tinha a oportunidade de brincar com eles por 15 minutos. Caso o solicitante quisesse ficar com o cãozinho, a adoção poderia ser realizada ali mesmo, com a ajuda dos promotores/voluntários. O usuário não pagava nada por isso! Além de engajamento e ampla divulgação por meio das redes sociais e parceiros, a Uber ganhou a simpatia de milhares de pessoas que são engajadas com a causa animal.

Posts relacionados