Viagens: tendências e hábitos do turista brasileiro

Wanderlust. A expressão alemã traduz a vontade que temos de viajar. Seja para perto ou para longe, de carro ou de avião, nas férias ou em um fim de semana, o desejo de sair da rotina movimenta um segmento inteiro de produtos e serviços. Mas o que, de fato, move o turista brasileiro? E qual destino ele tem em mente para a próxima viagem?
Receba nossos estudos originais em primeira mão.

Viajar nunca foi tão simples. Da possibilidade de visualizar detalhes da rua onde ficará hospedado a aplicativos que organizam suas finanças e indicam o valor médio gasto por dia em cada destino, a tecnologia está transformando o segmento de turismo.

Em meio a tantas alternativas que visam aumentar a segurança, otimizar os custos e promover uma experiência única, quantas realmente já fazem parte da rotina de planejamento e viagem do brasileiro?

Durante 5 dias conversamos com 1.000 pessoas para entender comportamentos, demandas e sonhos quando o assunto é viagem a lazer. O objetivo foi compreender a relação dos entrevistados com novos conceitos, novos modelos de negócio dentro da cadeia de turismo e novas formas de ser um viajante – especialmente em tempos de crise econômica.

O que mudou na vida do turista brasileiro nos últimos anos? Leia o nosso estudo original e conheça um pouco mais sobre os hábitos dos nossos entrevistados desde a fase de escolha do destino até a definição de meio de transporte e acomodação. Preparado?

Boa leitura!

Perfil do turista brasileiro

wallet

Orçamentos de viagem enxutos: até R$ 1.000,00 para 37% dos entrevistados e até R$ 3,000,00 para outros 32%. Apenas 17% chegam a uma marca de R$5.000,00. Será esse um reflexo da crise?

car

O carro ainda é o principal meio de transporte utilizado por nossos entrevistados para chegarem até seus destinos de viagem. Foi indicado por 68% dos respondentes contra 60% que utiliza o avião.

backpack

O celular aparece em segundo lugar na lista dos itens indispensáveis para uma viagem, logo após as roupas. Um indício de que este já figura como uma necessidade básica e que não pode faltar na mala.

Planejamento de viagem

notebook (3)

57% dos entrevistados se informam a respeito do destino de viagem junto a amigos e familiares. Sites de viagem ocupam o segundo lugar, com 44% das respostas, seguidos pelas redes sociais (42%).

laptop

A grande maioria dos nossos respondentes organiza sua viagem por meio de dispositivos digitais: 73% por meio do computador e 59% pelo smartphone.  Mas é alta a porcentagem daqueles que ainda optam pela loja física da agência ou companhia (23%).

travel

Ainda que 25% dos entrevistados não tenham notado diferença no preço das passagens aéreas nos últimos meses, outros 28% tiveram seus planos impactados e chegaram, por exemplo, a ter que cancelar uma viagem

A influência das redes sociais

smartphone (1)

Apps criados especificamente para situações de viagem ainda são minoria dentre a lista de aplicativos utilizados por nossos entrevistados. O líder é o WhatsApp, com 82%.

photo-camera

O compartilhamento de experiências nas redes sociais durante uma viagem acontece com frequência diária (46%). Já outros 32% indicaram postar raramente quando estão de férias.

blogging

A influência de bloggers é alta, principalmente no que se refere a acomodação e restaurantes/bares. Mas 31% afirmam já terem escolhido um destino inspirado em viagens desses formadores de opinião.

Relatório na íntegra

Gostou do estudo sobre viagens e o turista brasileiro?

Dessa vez, focamos no perfil do turista, na organização de uma viagem e na influência das redes sociais. Mas você pode saber também a opinião de nossos entrevistados sobre planejamento financeiro, como funciona o processo de escolha de acomodação e para onde desejam ir em suas próximas férias.

Para ter acesso ao conteúdo na íntegra e aos gráficos, basta preencher o formulário abaixo:

Receba nossos estudos originais em primeira mão.